Blog da Parábola Editorial

Pais procurando literatura infantojuvenil de qualidade?

Pais procurando literatura infantojuvenil de qualidade?

Conheça 6 livros de destaque em nosso catálogo de literatura infantojuvenil

 

Quando lemos, buscamos nas páginas dos livros algo que nos prenda, algo que nos faça imaginar, fantasiar, sorrir e chorar. Buscamos um universo único; e para cada um de nós, esse universo é diferente. Para os pais que procuram uma literatura infantojuvenil de qualidade, é necessário ter essa sensibilidade e saber que a qualidade de uma obra vai muito além de seu conteúdo. É preciso ampliar o repertório e deixar de escolher o óbvio quando se entra em uma livraria.

 

O selo infantojuvenil Pá de Palavra foi criado para oferecer livros que sejam capazes de desenvolver o pequeno leitor. Não há nada mais apaixonante que o vasto território da infância, adolescência e da primeira juventude, com suas continuidades e rupturas.

 

Diante disso, listamos aqui os 6 títulos do nosso catálogo infantojuvenil que farão os pais saírem do lugar-comum, do clichê, não deixando de lado as crianças, que se apaixonarão ainda mais pela leitura:

 

1. O livro que faz amar os livros – Françoize Boucher

Esse é um livro hiperengraçado, que traz cinquenta razões para se devorar o máximo de livros durante a vida toda, sem engordar. Ao mesmo tempo, os leitores encontrarão um livro que os matará de rir, que descreve em imagens e em sentido próprio tudo o que os livros podem fazer em uma vida toda: como se enriquecer em contato com temas apaixonantes? Como se identificar com um herói sem perder o pé da realidade? Como nunca se sentir só, mesmo calado, lendo? Todos os prazeres ilustrados com desenhos que fazem gargalhar. Até os mais resistentes à leitura se deixarão levar pelas ilustrações e pelo texto irônico e bem-humorado da autora.

 

2. Pororoca, pipoca, paca e outras palavras do tupi – Marcos Bagno e Orlene Lúcia S. Carvalho

Centenas de palavras do tupi fazem parte da nossa língua cotidiana. O que quer dizer pindaíba? Por que chamamos de muquirana alguém que é pão-duro? Qual a origem dos nomes Moacir, Jandira, Ubiratã, Iracema, Iara, Maíra, Moema e Jurema? Por que só nós, brasileiros, temos um nome especial para pipoca? Nomes de bichos, de plantas, de gente e de lugar. Nomes de coisas, de comidas, de bebidas e de seres fantásticos. Pororoca, pipoca, paca… explica de onde eles vieram e mostra a importância desse legado em nossa vida todos os dias.

 

3. Eu(s): pequena antologia – Fernando Pessoa

Se você fosse Fernando Pessoa, teria uma constipação das grandes, se tornaria um paxá, conduziria um trem, se transformaria numa coruja... Você seria um escritor de múltiplas faces, com uma infinidade de poemas em sua cabeça. Mudaria de nome, de voz, de rosto, de personalidade, só para brincar com as palavras e narrar o mundo como se ele fosse um teatro. Esse é um livro colorido para descobrir o mundo múltiplo e pleno de fantasia de um dos poetas mais universais do século XX.

 

4. Cara a cara com gladiadores – Marc Cantin e Isabel

Como primeiro destino, Mina e seus dois amigos viajam no tempo até a Roma Antiga. Lá, eles têm de encontrar o objeto a ser digitalizado: um gládio. Projetados em uma arena onde estão acontecendo jogos de circo romano, na qual estão presentes o famoso Júlio César e seu filho traiçoeiro, Brutus, Mina se transforma em vendedora, Robin, em escravo… e Matias, em um gladiador em pleno combate! É preciso sair desse enrosco todo e localizar o gládio… ou então os jovens nunca mais voltarão para casa.

 

5. Traíra! – Hubert Ben Kemoun

Esse é um livro sobre o direito à privacidade, mesmo na infância. Nico foi presenteado com um caderno secreto, mas ele não sabe bem o que fazer. Paulinho, seu amigo, lhe dá algumas ideias: “um caderno secreto serve para escrever coisas proibidas”. Nico então escreve algumas maldades sobre as pessoas que o rodeiam, mas se esquece do caderno sobre a carteira na hora do recreio… Alberto é quem pega o caderno e corre para mostrá-lo à professora! O que se espera? Um livro com um final surpreendente.

 

6. Fábulas nuas e cruas – Rachel Gazolla

A meio caminho entre o conto, o provérbio e o conselho, as fábulas aqui publicadas encerram a sabedoria de muitas culturas e a coragem de repropor uma reflexão sobre os valores que cultivamos em casa, na escola e na vida. Fábulas que questionam com morais que fazem pensar.

 

Os 7 livros que todo professor de português procur...
Aposta certa para livreiros: o segmento de Letras ...

Posts Relacionados

 

Comentários

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Login Aqui
Visitantes
Segunda, 22 Julho 2019
Se você quer se registrar, por favor preencha os campos de nome de usuário, senha e nome.
logo_rodape.png
Blog da Parábola Editorial
Todos os Direitos Reservados

Entre em contato

RUA DR. MÁRIO VICENTE, 394 IPIRANGA | 04270-000 | SÃO PAULO, SP
PABX: [11] 5061-9262 | 5061-8075
Sistemas Web em São Paulo

Search