Blog da Parábola Editorial

O português brasileiro está na moda

O português brasileiro está na moda

Estes livros provam por que é a hora e a vez do português brasileiro!

 

Língua materna como patrimônio

A língua materna é patrimônio de todos os seus falantes. Todos os linguistas já sabem que não são eles os únicos “especialistas” em língua, os únicos a poderem ter voz quando o assunto são questões linguísticas, porque todo falante se sente — e é! — dono e senhor da língua na qual se constrói a cada dia como sujeito falante.

 

Os gramáticos tradicionais talvez devessem chegar a essa mesma convicção para serem menos anacrônicos e menos nocivos ao ensino de língua nas escolas. E os editores em todos os nichos bem que poderiam prestar atenção a esse fato — o falante é senhor da língua — na produção e divulgação de seus livros.

 

Uma editora a serviço da língua do Brasil

Fato é que, desde 2001 [e, em tempo pleno, desde 2003], dedicamos a Parábola Editorial a mostrar ao Brasil e ao mundo que o português brasileiro está na moda. Cada livro nosso prova isso.

 

Afirmar o português brasileiro como expressão linguística plena é atitude de uma política editorial declarada num momento histórico em que as pessoas se tomam de admiração pela ressurreição da caquética mesóclise. Nosso catálogo inteiro diz em coro: a mesóclise não passará! Morta e sepultada, não se instalará na voz de nenhum falante típico do português brasileiro. E com a mesóclise esperamos ter as forças necessárias para sepultar todos os projetos que tenham a intenção de nos fazer recuar em termos de pesquisa e ensino de nossa língua materna.

 

É hora de não nos dispersar em termos linguísticos, porque não assumir posição política é deixar espaço para que políticas regressivas e repressivas sejam delineadas e se instaurem com violência contra nós, o povo que fala português brasileiro.

 

Missão editorial

Nossa missão editorial é fazer o português brasileiro seguir na moda e ser, mais que moda, patrimônio consciente e valorizado na boca dos alunos, nas aulas dos professores, diante do peso político-demográfico da língua que se fala no Brasil [14 vezes mais falada que o português europeu].

 

A vocação da Parábola Editorial é a nossa língua materna. É isso que podemos demonstrar citando apenas os seguintes quatro livros que publicamos. O fato de mantermos em catálogo livros publicados desde 2004 comprova que o português brasileiro está e vai seguir na moda:

 

1. b2ap3_thumbnail_Lingua-do-Brasil-portugues-brasileiro.jpg

A língua do Brasil amanhã e outros mistérios [Mário Perini, 2004].

Esse livro é uma preciosidade. Ensaios breves pensados para o não especialista em questões linguísticas. Leitura leve, mas não descompromissada [nada é sem compromisso no catálogo da Parábola Editorial]. Com esse livro, queremos chamar a atenção para o que a linguística tem a dizer a todas as pessoas, de todas as áreas, às pessoas comuns, sobre a linguagem, elemento fundamental que possibilita a existência das sociedades complexas em que vivemos.

A língua do Brasil amanhã e outros mistérios é um livro que se contrapõe ao modo tradicional de professores e gramáticos falarem de língua na escola e na grande mídia, preocupados apenas em pontificar sobre o certo e o errado na forma de as pessoas falarem ou escreverem. Você não precisa ser estudante de Letras, nem professor de língua, para descobrir o quanto é importante ter consciência mínima das possibilidades da língua que faz de você o que você é.

 

2. b2ap3_thumbnail_Lutar-com-palavras-portugues-brasileiro.jpg

Lutar com palavras - coesão & coerência [Irandé Antunes, 2005].

Esse livro trata da urgência de todos os falantes de português brasileiro — que leem e escrevem cada vez mais, de um ponto de vista prático, comunicacional, nas mais variadas plataformas digitais e que também escrevem na escola e na vida profissional — pensarem na coesão e na coerência de tudo o que andam escrevendo.

Irandé Antunes ensina aqui o que precisamos saber para escrever um bom texto sem nos estressar. Quer dizer, ela insiste em nos levar a desenvolver nossa competência para falar, ouvir, ler e, depois, poder escrever bons textos. Então, se você é um estudante, um profissional em busca de auxílio para sua escrita, esse é o livro, não há dúvida.

 

3. b2ap3_thumbnail_Pedagogia-do-silenciamento-portugues-brasileiro.jpg

Pedagogia do silenciamento – a escola brasileira e o ensino de língua materna [Celso Ferrarezi, 2014].

Esse livro parte do pressuposto de que a criança chega à escola falando plenamente, cheia de vontade de aprender a ler e a escrever. Falar ela já sabe. E plenamente. Mas a escola, malformada, força a criança a acreditar que não sabe falar, fazendo um ser falante pleno regredir a um silenciamento criminoso.

E nesse trajeto involutivo, a escola desenvolve nos alunos profundo desgosto pela leitura e pela escrita, fazendo-os desistir de sua importância para a vida privada e social. Se você é professor[a] de língua materna na educação básica, ou professor[a] de futuros professores de língua, não deixe de ler e de aplicar esse livro.

 

4.b2ap3_thumbnail_Gramatica-brasilena-portugues-brasileiro.jpg

Gramática brasileña para hablantes de español [Orlene S. Carvalho & Marcos Bagno, 2015]. 

Sim! Publicamos uma “gramática brasileira para falantes de espanhol”, depois de constatada a escassez de material didático voltado para o ensino do português brasileiro como língua estrangeira a falantes nativos do espanhol.

Esse livro abre acesso à língua realmente falada e escrita no Brasil, sem o apego excessivo e injustificado à tradição normativa. Se você é professor[a] de português como L2 para alunos falantes nativos do espanhol, que tal ter a coragem de ensinar português brasileiro e assumir posição menos hesitante em relação à língua que falamos no Brasil? Uma atitude assim, de sua parte, reforçará a presença do português brasileiro no mundo.

A gente poderia seguir recomendando livros até esgotar o catálogo inteiro, mas o pouco espaço limita nossa ansiedade.

 

Se algum português restar no mundo…

Importante é ressaltar que precisamos pensar em fazer de nossa língua materna força de expressão de alcance mundial. Brincando com a inegável existência de nossa maioria populacional em comparação com os outros territórios onde se falam as demais variedades de português, costumo dizer que se alguma língua portuguesa resistir na história das línguas, se algum português restar no mundo, será o português brasileiro.

 

Já temos representatividade artística mundial, pela via da música, da ficção televisiva, por exemplo. Nos últimos anos, até chegamos a pensar que teríamos representatividade político-econômica, quando então conseguiríamos levar ao mundo a literatura brasileira em edições originais para o resto do mundo lusófono ou em tradução para outros países, até a crise atual se instalar, ameaçando nossos planos de presença política mínima no cenário mundial.

 

Nossos planos de ter o português brasileiro como língua de política e de negócios em nível global se veem, mais uma vez, ameaçados. Mas um retrocesso é apenas um passo atrás. O português brasileiro, por conta especialmente do peso de sua música, não perderá importância diante da vivacidade característica de todas as línguas majoritárias.

 

Mas o que é preciso?

O que é preciso é ir além da moda, é preciso alcançar representatividade político-econômica para que nossa literatura, nossa produção científica possam circular mundialmente e sem entraves, para que mais pessoas de todos os quadrantes elejam nossa língua como opção de língua segunda, terceira… E, acima de tudo, é preciso que não desistamos de ensinar aos brasileiros o português que é o nosso.

 

Para isso fizemos a Parábola Editorial e trabalhamos noite e dia no propósito de fazer o máximo de pessoas se dar conta do funcionamento da língua majoritária dos brasileiros. É essa língua que deve dar forma aos programas de ensino porque só assim, mais que de moda, poderemos falar de identidade de todo um povo, de nossa própria identidade.

 

Isso é que nos move!

 

b2ap3_thumbnail_Gamatica-brasilena-portugues-brasileiro.png

Gêneros textuais e ensino
Mais do que uma bonita capa: uma análise dos títul...

Posts Relacionados

 

Comentários

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Login Aqui
Visitantes
Domingo, 21 Julho 2019
Se você quer se registrar, por favor preencha os campos de nome de usuário, senha e nome.
logo_rodape.png
Blog da Parábola Editorial
Todos os Direitos Reservados

Entre em contato

RUA DR. MÁRIO VICENTE, 394 IPIRANGA | 04270-000 | SÃO PAULO, SP
PABX: [11] 5061-9262 | 5061-8075
Sistemas Web em São Paulo

Search