Blog da Parábola Editorial

O mercado editorial para formação em Letras

O mercado editorial para formação em Letras

Veja os 10 livros da Parábola Editorial mais adotados nos cursos de Linguística e Letras de grandes universidades

 

Há quem escolha ler por hobby, outros escolhem ler por profissão. Alguns dos cursos mais procurados por quem gosta de ler são os de Linguística e Letras (Língua e/ou Literatura), além de Educação, Pedagogia e áreas afins. A carga de leitura desses cursos é alta, e as bibliografias indicadas pelos professores são de extrema importância para o devido acompanhamento das aulas e para um bom rendimento nos cursos escolhidos.

 

Não é nenhuma novidade que cada universidade tem seu plano de ensino, sua metodologia e seus “livros obrigatórios”. Em consonância com a instituição de ensino em que leciona, cada professor(a) apresenta uma ementa para sua disciplina, e lá constam os livros a serem utilizados durante o semestre.

 

E o que vemos de comum entre as ementas das diferentes disciplinas de cada um dos cursos citados?

 


Pesquisamos as ementas dos cursos de Linguística e Letras de cerca de trinta universidades, dentre elas: PUC-Rio, UnB, UFPB, UFG, UFSC, UESC, UFRJ e UFPI, e listamos aqui os 10 livros da Parábola Editorial mais adotados:

 

1 - Produção textual, análise de gêneros e compreensão – Luiz Antônio Marcuschi

Como estudar a língua? Essa é uma das principais questões que norteiam o autor ao longo de todo o livro. Bastante focado na teoria da produção textual, ele aborda a história da linguística no século XX, o ensino da noção de sujeito, subjetividade, discurso, texto e gênero sob a perspectiva sociointeracionista da língua e faz uma análise dos gêneros textuais no contínuo fala-escrita. A natureza didática do livro é evidente, especialmente, pela presença de atividades, exemplos ilustrativos, glossários e indicações de obras de consulta.

 

2 - Gêneros: teorias, métodos, debates – J. L. Meurer, Adair Bonini e Désirée Motta-Roth [orgs.]

Objetiva mapear os principais conceitos, termos e explicações disponíveis no campo de estudos dos gêneros textuais. Os autores reúnem e analisam arcabouços teóricos de várias origens e épocas para montar um painel rico e pluralista do conceito de gênero textual/discursivo. Os doze capítulos foram agrupados sob três termos gerais: abordagens sociossemióticas, sociorretóricas e sociodiscursivas.

 

3 - Planejar gêneros acadêmicos – Anna Rachel Machado

Depois de terem publicado Resumo e Resenha, neste 3º volume, Planejar gêneros acadêmicos, as autoras se concentram nas sugestões gerais de produção de diferentes gêneros acadêmicos/científicos, naquilo que eles têm em comum.

 

4 - Educação em língua materna: a sociolinguística na sala de aula – Stella Maris Bortoni-Ricardo

Um livro dedicado aos professores do ensino fundamental e demais leitores que não têm uma formação específica nas ciências da linguagem, mas se interessam pela questão premente da educação linguística. Nesse livro eles encontram os fundamentos teóricos e as aplicações práticas, na forma de atividades bem elaboradas, para transformar a educação em língua materna num compromisso com a formação plena do cidadão e contra toda forma de exclusão social pela linguagem.

 

5 - Resenha – Anna Rachel Machado, Eliane Gouvêa Lousada e Lília Santos Abreu-Tardelli

Esse livro refere-se à leitura e à produção de resenha, gênero muito utilizado tanto em escolas de ensino médio como em diferentes atividades acadêmicas e profissionais. Nas universidades, por exemplo, eles são constantemente pedidos aos alunos por professores das mais diversas disciplinas. Material fundamental para o trabalho em sala de aula.

 

6 - Resumo – Anna Rachel Machado

As atividades do livro foram preparadas com base nas mais recentes pesquisas sobre o ensino-aprendizagem de produção de textos e sobre as características do gênero em foco.

 

7 - História concisa da linguística – Barbara Weedwood

Numa linguagem extremamente acessível a leigos e recém-iniciados, a autora constrói um painel sucinto, mas bem rigoroso, da história das ideias sobre língua e linguagem na tradição cultural do ocidente. Partindo de Platão, Aristóteles, dos estoicos e dos primeiros gramáticos, ela vem até Saussure, Bakhtin e Chomsky, elencando os principais nomes e vertentes deste campo e projetando luzes sobre as tendências teóricas que podem vir a se tornar dominantes na linguística neste século.

 

8 - Análise de texto: fundamentos e práticas – Irandé Antunes

Esse livro oferece a professores e alunos indicações e exemplos de como se podem perceber em textos elementos de sua construção, de sua relevância comunicativa e de como se pode ultrapassar, nas atividades de análise, a simples identificação de elementos de sua superfície. Busca viabilizar análises que incidam sobre questões da construção coesa, coerente e relevante de textos, o que inclui contexto, texto, léxico e gramática.

 

9 - Preconceito linguístico – Marcos Bagno

Ao completar quinze anos, Preconceito linguístico está de casa nova, de cara nova, de conteúdo novo. Essa edição radicalmente revista, ampliada e atualizada do livro publicado inicialmente em 1999 incorpora os frutos mais recentes da reflexão teórica, da prática docente e da participação do autor em projetos educacionais importantes e também de suas pesquisas e discussões com colegas linguistas e educadores. Mas, como não podia deixar de ser, o livro preserva e até acentua seu caráter primeiro: denunciar o preconceito linguístico e propor uma educação em língua materna mais democrática e coerente com o estado atual das ciências da linguagem e da educação.

 

10 - Português ou brasileiro? Um convite à pesquisa – Marcos Bagno

A obra analisa cinco casos sintáticos do português do Brasil que marcam nitidamente as diferenças entre o português de Portugal e o nosso. Ao tratar do português do Brasil de modo didático e aberto às questões mais candentes em sociolinguística, Bagno escreve um livro que procura introduzir a prática da pesquisa linguística em sala de aula como ferramenta indispensável para o conhecimento mais acurado da língua falada (e escrita) pelos brasileiros cultos.

 

Para quem quiser consultar as ementas, seguem as referências:

Universidade Presbiteriana Mackenzie (São Paulo, SP)
PUC‐Minas (Belo Horizonte, MG)
PUC‐Rio (Rio de Janeiro, RJ)
PUC‐SP (São Paulo, SP)
UnB (Universidade Federal de Brasília, DF)
UFPB (Universidade Federal da Paraíba, PB)
UFG (Universidade Federal de Goiás, GO)
UFSC (Universidade Federal de Santa Cataria, SC)
UESC (Universidade Estadual de Santa Catarina, SC)
UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro, RJ)
UFPI (Universidade Federal do Piauí, PI)
UERN (Universidade Estadual do Rio Grande do Norte, RN)
UFAL (Universidade Federal de Alagoas, AL)
UFPE (Universidade Federal de Pernambuco, PE)
UFCE (Universidade Federal do Ceará, CE)
UNEMAT (Universidade Estadual do Mato Grosso, MT)
UFSCar (Universidade Federal de São Carlos, SP)
UNICAMP (Universidade Estadual de Campinas, SP)
UFJF (Universidade Federal de Juiz de Fora, MG)
UFSJ (Universidade Federal de São João Del Rei, MG)
UNIR (Universidade Federal de Rondônia, RO)
UFAM (Universidade Federal do Amazonas, AM)
UFRGS (Universidade Federal do Rio Grande do Sul, RS)
UFF (Universidade Federal Fluminense, RJ)
UFMA (Universidade Federal do Maranhao, MA)
UNIOESTE (Universidade Estadual do Oeste do Paraná, PR)
UFMS (Universidade Federal do Mato Grosso do Sul, MS)
UFES (Universidade Federal do Espírito Santo, ES)
UNIFESP (Universidade Federal de São Paulo, SP)
UFBA (Universidade Federal da Bahia, BA)

 

 

b2ap3_thumbnail_Linguistica-e-Letras.png

Aposta certa para livreiros: o segmento de Letras ...
Gêneros textuais e ensino

Posts Relacionados

 

Comentários

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Login Aqui
Visitantes
Sábado, 19 Outubro 2019
logo_rodape.png
Blog da Parábola Editorial
Todos os Direitos Reservados

Entre em contato

RUA DR. MÁRIO VICENTE, 394 IPIRANGA | 04270-000 | SÃO PAULO, SP
PABX: [11] 5061-9262 | 5061-8075
Sistemas Web em São Paulo

Search